Dia A Dia Da Economia - Míriam Leitão

Informações:

Sinopsis

Análise diária dos principais fatos da economia com uma das mais importantes e influentes jornalistas do país.

Episodios

  • Presidente da Eletrobras quer transformar a companhia líder em energia renovável

    08/08/2022 Duración: 06min

    'Mas temos que saber qual renovável', questiona Míriam Leitão. A comentarista cita o exemplo da usina hidrelétrica de Belo Monte, na Amazônia: 'teve tanto impacto socioambiental que não se pode dizer que é uma usina de energia renovável'. Míriam alerta ainda que a Eletrobras, hoje, tem sua maior parte da energia vinda de fonte hidráulica.

  • 'O mais importante pacote de leis favoráveis a redução dos gases do efeito estufa já aprovado nos EUA'

    08/08/2022 Duración: 06min

    Míriam Leitão fala sobre a aprovação do maior pacote climático da história dos Estados Unidos. O pacote tem série de medidas no campo do clima e também da saúde. Democratas dizem que esse pacote ajuda a melhorar a arrecadação de impostos junto aos mais ricos e as grandes empresas. Passou pelo Senado, que era o mais difícil, e agora vai para a Câmara, onde os Democratas têm maioria. 'Vitória do presidente Biden no momento em que ele está fraco'.

  • 'Jô Soares conseguia fazer a gente rir na ditadura e da própria ditadura'

    05/08/2022 Duración: 12min

    Míriam Leitão fala sobre Jô Soares. ‘Ele era muito genial’. Comentarista cita a ‘Rádio Cruzeiro’, quadro que mostrava o que era o viver com uma hiperinflação. ‘Difícil definir Jô Soares, um talento múltiplo. Ele conseguia fazer a gente rir na ditadura e da própria ditadura. A melhor forma de desmoralizar um regime autoritário é fazer graça’. Como entrevistador, ele conseguia tirar das pessoas a sensação de estar sendo entrevistado. ‘Jô Soares era tão múltiplo que é difícil definir. O Brasil perde uma pessoa gigante’. Míriam Leitão também fez um resumo dos principais assuntos da semana: taxa básica de juros; consignado para beneficiários do Auxílio Brasil; e a carta pela democracia da Fiesp.

  • 'Um genial humorista que nos ajudava a rir até em momentos difíceis'

    05/08/2022 Duración: 06min

    Míriam Leitão lamentou a morte de Jô Soares. ‘Ele foi único. Intelectual, escritor e grande jornalista. Um entrevistador maravilhoso, divulgador da cultura e das artes. Um grande brasileiro que o país perde no dia de hoje. Uma tristeza’. Míriam Leitão também fez uma análise da da carta da Fiesp em defesa da democracia, publicada pelos principais jornais do país. 'Uma parte da defesa da sociedade contra as ameaças frequentes do presidente da República ao Estado Democrático de Direito'.

  • 'Taxa de juros de quase 80% para crédito de beneficiário do Auxílio Brasil é exploração'

    04/08/2022 Duración: 09min

    Míriam Leitão comenta a altíssima taxa de juros atrelada ao crédito consignado oferecido por bancos a quem recebe o Auxílio Brasil. Segundo contas da comentarista, com juros de até 78,8% ao ano, a pessoa pode pegar um crédito de R$ 1,6 mil e, dois anos depois, pagar R$ 3,8 mil, mais que o dobro do crédito contraído. 'É uma forma de pegar dinheiro dos imposto e dar para as financeiras', critica Míriam. 'Isso se chama desvio.'

  • 'Bolsonaro só vai em lugares que é aplaudido'

    04/08/2022 Duración: 05min

    Míriam Leitão fala sobre a decisão de Bolsonaro de cancelar encontro na Fiesp no dia 11 de agosto, quando seria convidado a assinar carta pró-democracia. Na mesma data, ele cancelou encontro que teria com empresários à noite. ‘Está ficando claro para o presidente que uma parte grande da elite empresarial, financeira do pais, está se afastando dele’. O governo não foi aquilo que esses empresários esperavam. Se deixaram enganar em 2018. 'Além de não fazer uma agenda liberal, Bolsonaro fez uma agenda de destruição do teto de gastos'.

  • 'É provável que o BC não queira subir os juros na próxima reunião, em setembro'

    03/08/2022 Duración: 08min

    Míriam Leitão fala sobre a divulgação da taxa de juros no final da tarde desta quarta-feira, a expectativa para comunicado do Banco Central e os sinais sobre a decisão. Para hoje, a previsão é de que o Copom eleve a taxa básica de juros para 13,75% ao ano. ‘Uma alta muito forte’. Míriam destaca ainda que, a cada momento, se agrega um cenário de tensão no mercado internacional.

  • 'General está insistindo em assombrar país para agradar Bolsonaro'

    03/08/2022 Duración: 05min

    Míriam Leitão faz uma análise da ação do ministro da Defesa ao TSE. O general Paulo Sérgio Nogueira fala com o TSE em um tom que ele parece o comandante do TSE. Ontem, ele carimbou como 'urgentíssimo' o acesso ao código-fonte das urnas, que está aberto as instituições que queiram fiscalizar desde outubro do ano passado.

  • 'Após quatro meses de alta, queda na produção industrial não surpreendeu o mercado'

    02/08/2022 Duración: 07min

    Míriam Leitão fala sobre os o índice da produção industrial, divulgado pelo IBGE. Depois de quatro meses de alta, houve uma queda de 0,4%, um pouco mais do que se esperava. Comentarista destaca que a economia brasileira está com sinais mistos. Mas, quando se olha estruturalmente, a indústria está precisando de muita mudança para que tenha um horizonte. Míriam Leitão ressalta o encolhimento do setor industrial no Brasil. 'A indústria tem um problema estrutural enorme de atualização, investimento, modernização, de preparação para os novos tempos'.

  • 'Reafirmação da democracia é necessária porque tem uma ameaça concreta'

    02/08/2022 Duración: 04min

    Míriam Leitão fala sobre as falas durante a reabertura dos trabalhos do Judiciário. Ela destaca que foram falas fortes de defesa da democracia e do sistema eleitoral brasileiro. ‘Nas democracias estáveis as pessoas votam e o voto é respeitado’. Comentarista destaca que essa reafirmação é necessária porque esse direito está ameaçado.

  • Após 15 dias de recesso, Congresso e STF retornam nesta segunda-feira

    01/08/2022 Duración: 07min

    Míriam Leitão repercute o retorno do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal nesta segunda-feira, depois do recesso. A jornalista comenta também sobre o 'pacote da destruição', o desmatamento na Amazônia e a postura do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. 'Vai ser um ano bem difícil do ponto de vista eleitoral', afirmou.

  • Moraes abre precedente para estados cobrarem compensação do governo federal pelo ICMS no STF

    01/08/2022 Duración: 05min

    O ministro do STF concedeu liminar aos estados de São Paulo e Piauí para que sejam recompensados imediatamente pela perda de arrecadação por causa da restrição do ICMS. Míriam Leitão analisa a judicialização do processo e contextualiza o interesse eleitoral do governo Bolsonaro. 'Decisão forte e que tem repercussões, porque outros 11 estados estão preparados para entrar no STF com o mesmo pedido', aponta ela.

  • Índice de desemprego, prévia da inflação; PIB dos EUA e da Europa; e o manifesto em defesa da democracia

    29/07/2022 Duración: 12min

    Míriam Leitão fala sobre o índice de desemprego. A taxa caiu para 9,3% e atingiu menor patamar desde 2015. Os dados são da PNAD Contínua, divulgada pelo IBGE nesta sexta-feira. Comentarista também falou sobre o resultado do IPCA-15. Houve uma desaceleração e índice segue para deflação de julho. ‘Inflação está caindo de forma localizada, nos itens que o governo trabalhou para derrubar. Não é um alívio geral’. Míriam também analisou o PIB dos EUA e da Europa. Ela encerrou o comentário repercutindo o manifesto em defesa da democracia.

  • As diferentes interpretações de democracia do governo federal

    29/07/2022 Duración: 05min

    Míriam Leitão fala sobre a assinatura do ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, em documento no qual se compromete a respeitar a Carta Democrática Interamericana, que prega o direito à democracia. 'Quando ele assina, pode estar falando de outra coisa, diferente da gente', alerta a comentarista. 'Assim como Bolsonaro ridiculariza o manifesto pela democracia porque acha que não está constantemente fazendo ameaças a ela.'

  • 'Recessão mundial é um ambiente ruim para um país como o Brasil com muitas fragilidades'

    28/07/2022 Duración: 09min

    Míriam Leitão fala sobre o PIB dos EUA, que caiu 0,9% no segundo trimestre. Surpreendeu negativamente. Míriam explica que a maneira como o Brasil e outros países olham a economia, isso é uma recessão técnica. Os EUA têm uma outra forma de tratar os números. ‘Fato é que a economia está desacelerando’. Comentarista destaca que, no Brasil, a situação de uma recessão mundial se agrava porque está sob uma tensão institucional muito grande provocada pelo presidente. Comentarista também falou sobre a queda do preço da gasolina. ‘A queda de agora pode ser absolutamente técnica’. Míriam acrescenta que a solução que encontraram para a Petrobras é para a estatal ficar tutelada pelo conselho de administração. ‘Uma anomalia enorme do ponto de vista administrativo’.

  • ‘Filtro dos conselhos da Petrobras pode atrapalhar o ajuste da política de preços do petróleo’

    28/07/2022 Duración: 04min

    Míriam Leitão fala sobre a decisão desta quarta-feira da Petrobras, que determina a passagem de decisões a respeito de reajustes nos combustíveis pelos conselhos fiscal e de administração da empresa. Para a comentarista, isso é problemático, pois este último está comprometido com o governo. 'É um assunto politizado demais, vai deixar de ser uma decisão técnica', conta. 'Bolsonaro não quer novos aumentos até as eleições.'

  • Lula evita criticar Forças Armadas, faz 'ponte' com a Câmara, mas erra ao subestimar dificuldades econômicas

    27/07/2022 Duración: 09min

    Míriam Leitão faz um balanço da entrevista de Lula ao portal UOL. Comentarista explica que o ex-presidente deu boas respostas, e outras nem tanto. Ele evitou criticar as Forças Armadas. Lançou pontes para interlocução com a Câmara. Fez afirmações seguras e de maneira madura na área social, como dar aos indígenas uma participação maior no governo. Míriam Leitão destaca que, um dos equívocos de Lula durante a entrevista, foi quando ele subestimou as dificuldades econômicas que podem ser herdadas.

  • 'O que acontece nos EUA afeta o mundo inteiro'

    27/07/2022 Duración: 05min

    Míriam Leitão fala sobre os impactos de uma possível alta da taxa de juros nos Estados Unidos. 'Todos olhando para o que vai fazer a maior economia do mundo'. Há uma expectativa de uma alta forte da taxa de juros. A dúvida é quanto vai continuar subindo. Comentarista destaca ainda o risco de uma recessão global.

  • 'Governo está gastando dinheiro para que a gasolina fique mais baixa'

    26/07/2022 Duración: 08min

    A prévia da inflação oficial, medida pelo IPCA-15, desacelerou em julho, com queda nos preços dos combustíveis e da energia elétrica. Os alimentos, entretanto, continuam pressionando o índice. Míriam Leitão fala sobre o assunto: 'Brasil vive inflações diferentes para determinados grupos sociais'.

  • Manifesto da USP passa por cima de divergências para focar na defesa da democracia

    26/07/2022 Duración: 05min

    A Faculdade de Direito da USP deve divulgar hoje o manifesto de juristas, empresários, artistas, advogados e entidades da sociedade civil em defesa da democracia. Míriam Leitão fala sobre o assunto: 'claro que tudo isso está acontecendo porque o presidente da República tem, sistematicamente, ameaçado a democracia brasileira'.

página 1 de 2