Escola Da Vida - Mario Sergio Cortella

Informações:

Sinopsis

Uma conversa sobre educação, cidadania e aperfeiçoamento do ensino.

Episodios

  • Morte de Aldir Blanc completa um ano

    Morte de Aldir Blanc completa um ano

    04/05/2021 Duración: 08min

    Mario Sergio Cortella exalta a obra do artista, que morreu vítima da Covid-19. 'Com 73 anos de idade, ele foi capaz de deixar mais de 60 composições, vários livros e uma lembrança imensa das coisas boas que produziu'.

  • O afeto em tempos de pandemia

    O afeto em tempos de pandemia

    29/04/2021 Duración: 05min

    Mario Sergio Cortella destaca que há diferenças entre ficar sozinho e ficar solitário. Comentarista alerta que, em tempos de pandemia, é importante criar redes de comunicação e fortalecer laços com mensagens e ligações.

  • Hoje é o dia da empregada doméstica

    Hoje é o dia da empregada doméstica

    27/04/2021 Duración: 09min

    Mario Sergio Cortella destaca a importância da data e fala sobre a relação do brasileiro com esse tipo de serviço. Comentarista avalia que a pandemia mostrou o quanto é relevante o trabalho feito pelo empregado doméstico e também, em alguns casos, mostrou o descaso do empregador com o funcionário.

  • O que mudou nas escolas quando se fala em descobrimento do Brasil?

    O que mudou nas escolas quando se fala em descobrimento do Brasil?

    22/04/2021 Duración: 06min

    Dia 22 de abril é considerado o descobrimento do Brasil. Mario Sergio Cortella destaca que hoje algumas escolas alteraram esse termo e preferem falar em 'fundação do Brasil'.

  • Expectativa de vida da população de SP cai pela primeira vez desde 1940

    Expectativa de vida da população de SP cai pela primeira vez desde 1940

    20/04/2021 Duración: 04min

    Mario Sergio Cortella comenta o dado divulgado hoje pela Fundação Seade, que mostra que a esperança de vida ao nascer no estado foi de 75,4 anos, um ano a menos que em 2019, quando ficou em 76,4. Comentarista destaca que é necessário que a gente faça um esforço imenso, quando a pandemia cessar, para não que aprofunde ainda mais essa perda de tempo.

  • Uma homenagem à Simone de Beauvoir

    Uma homenagem à Simone de Beauvoir

    15/04/2021 Duración: 07min

    Mario Sérgio Cortella fala sobre a filósofa francesa, lembrada como uma das grandes pensadoras do feminismo. Ontem, completaram 35 anos da sua morte.

  • Enfermeira voluntária por 30 anos, Dona Ivone Lara é inspiração em tempos de pandemia

    Enfermeira voluntária por 30 anos, Dona Ivone Lara é 'inspiração' em tempos de pandemia

    13/04/2021 Duración: 06min

    Nascida na rua Voluntários da Pátria, em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro, Dona Ivone Lara honrou o título da rua natal e atuou como voluntária por mais de 30 anos. A grande dama do samba atuava como enfermeira em visitas a pacientes com transtornos mentais. 'Por isso, é uma inspiração', defende Mario Sergio Cortella. Ouça comentário completo

  • As raivas que a pandemia provoca

    As raivas que a pandemia provoca

    08/04/2021 Duración: 05min

    Mario Sergio Cortella faz uma reflexão sobre esse sentimento que têm nos consumido durante esse período tão difícil. Ele destaca que a raiva em si não adianta. Ela só tem resultado se se transformar em uma ação que não seja violenta, e, portanto, levar a uma solução.

  • Há um consenso de que a gente não pode burlar a legislação

    'Há um consenso de que a gente não pode burlar a legislação'

    06/04/2021 Duración: 04min

    Professor Mário Sergio Cortella fala sobre o fato de algumas escolas particulares de SP estarem recebendo alunos mesmo sem autorização para aulas. Colégios usam trecho de decreto que permite atender estudantes para alimentação. Comentarista diz que não desconhece o desespero que uma parcela das escolas estão vivenciando, mas avalia que não é o correto tentar burlar a legislação. 'Não é que não se pode, mas, no meu entender, não se deve', diz.

  • Reflexões sobre a mentira

    Reflexões sobre a mentira

    01/04/2021 Duración: 05min

    No dia primeiro de abril, Mario Sérgio Cortella destaca que nem sempre quando algo falso é dito, é mentiroso. Pode haver um equívoco, uma confusão. Mas quando a fala é uma falsificação, de forma enganatória, é uma mentira. Há também áreas em que a mentira é combinada, como no teatro e no truco, por exemplo.

  • Mário Sergio Cortella lança novo livro, escrito durante a quarentena

    Mário Sergio Cortella lança novo livro, escrito durante a quarentena

    30/03/2021 Duración: 11min

    Comentarista fala sobre a sua nova obra: 'Quem sabe faz a hora! Iniciativas decisivas para gestão e liderança. Livro reflete sobre ética, liderança e comunicação nesse período pandêmico.

  • São só dois lados da mesma viagem

    'São só dois lados da mesma viagem'

    25/03/2021 Duración: 04min

    Mário Sergio Cortella analisa a música 'Chegadas e Partidas', de Milton Nascimento e compara a letra da canção com o momento difícil e dolorido que estamos vivendo. O compositor, inclusive, foi vacinado contra Covid-19 ontem.

  • Com quase 300 mil mortos, não há empate possível

    'Com quase 300 mil mortos, não há empate possível'

    23/03/2021 Duración: 04min

    Mario Sergio Cortella fala sobre o fato de que já temos hoje no Brasil mais vacinados do que infectados. Ele destaca que o número é importante, mas muito inferior ao que a gente desejaria. 'Não podemos cair na ilusão de que empatou o jogo, diz.

  • Risada de criança nos emociona

    'Risada de criança nos emociona'

    18/03/2021 Duración: 06min

    Mário Sergio Cortella fala sobre a sensação que nós sentimos ao ouvir a risada de uma criança. Comentarista destaca que isso mostra uma vida que está crescendo. Cheia de graça, de pureza e inocência. 'E isso nos captura', diz.

  • Emergência é o que não admite demora ou atraso algum

    'Emergência é o que não admite demora ou atraso algum'

    16/03/2021 Duración: 04min

    'Por isso, fase emergencial significa cautela máxima', alerta o professor Mário Sergio Cortella. De acordo com o comentarista, é preciso convencimento interno e pressão externa para garantir que medidas de restrição sejam cumpridas.

  • Mesmo de longe, escolas precisam criar mecanismos para dar mais assistência às crianças

    Mesmo de longe, escolas precisam criar mecanismos para dar mais assistência às crianças

    11/03/2021 Duración: 07min

    Mario Sergio Cortella faz um alerta sobre os 'muitos efeitos colaterais e danosos da própria pandemia'. Isso porque, segundo o Unicef, uma em cada sete crianças passou o ano em situação de abandono e desproteção. 'Não podemos descuidar daquilo que está à volta, especialmente de quem tem mais fragilidade', afirma.

  • Uma das piores coisas que pode nos acontecer é quando o evitável não é evitado

    'Uma das piores coisas que pode nos acontecer é quando o evitável não é evitado'

    09/03/2021 Duración: 05min

    Mario Sergio Cortella destaca que a dor causada por tantas mortes por Covid-19 fica ainda mais dolorida porque já era prevista. 'Podemos até lamentar, entristecer-se, ficar em estado de alerta, ficar em estado de compaixão, mas, de modo algum, isso é inesperado', ressalta.

  • Pessoas são como uma brisa, que, vindo, a gente não quer que parta

    'Pessoas são como uma brisa, que, vindo, a gente não quer que parta'

    04/03/2021 Duración: 02min

    Para Mario Sergio Cortella, o lamento de Johnny Alf, que se foi há exatos 11 anos, na música 'Eu e a brisa', lembra o momento de luto que estamos vivendo, quando ele canta 'se a juventude que esta brisa canta ficasse aqui comigo mais um pouco, eu poderia esquecer a dor de ser tão só pra ser um sonho'.

  • Qual o papel da religião na pandemia?

    Qual o papel da religião na pandemia?

    02/03/2021 Duración: 06min

    Cortella avalia o poder da fé em tempos tão difíceis. 'Isso faz parte da história humana (a fé)'. Ele diz que as religiões podem ser muito úteis. Cortella pondera, ainda, sobre projeto em debate em São Paulo que trata religião como serviço essencial.

  • O toque de recolher e o estado de alerta

    O toque de recolher e o estado de alerta

    25/02/2021 Duración: 05min

    Cortella reflete sobre a palavra 'toque', a partir da decisão do governo de São Paulo de fazer o que está chamando de 'toque de restrição'. Ideia do governo é fazer um alerta à população sobre o grande número de internações no estado. 'Estamos numa situação mais grave do que antes. Não podemos relaxar'.

página 1 de 2